18.02.2022

Compromisso com a verdade- Pt.02 | Rev. Thiago Mattos.

Livros verdadeiramente inspirados por Deus.

         Uma das formas que temos para nos referirmos aos livros que compõem a Bíblia é cânon ou cânone. Essa palavrinha grega quer dizer “régua” ou “vara de medir” como referência a um objeto utilizado como padrão de medida. Ao determinar quais livros formariam o cânon bíblico, a Igreja do Senhor, orientada pelo Espírito Santo, deixou registrado na história quais eram os livros verdadeiramente inspirados por Deus e que, de fato, seriam as Escrituras cristãs.

      No entanto, ao fazer isso, também nos legou um “padrão” através do qual nós deveríamos verificar doutrinas, práticas, posicionamentos, ideologias, pensamentos e, caso estas coisas fossem contrárias ao cânon, deveriam ser reputadas como mentiras. É evidente que, por causa disso, muitas instituições foram destruídas, “verdades” foram manipuladas, fatos foram fantasiados e pessoas foram oprimidas.Porém, não é porque a Bíblia foi mau utilizada por homens perversos que ela deixa de ser a Palavra inspirada de Deus e nossa fonte mais fidedigna da verdade.

Novos padrões de conduta.

    Justamente porque é nosso padrão de verdade, a Bíblia deve determinar o que é a verdade para nós. No entanto, não é isso que observamos na igreja do século XXI. Se não, vejamos: ao nos depararmos com novos padrões de conduta tidos como normais, o que nós, normalmente aceitamos como “verdade”? Não seriam os padrões mais comumente aceitos pela sociedade? Mas e se esses padrões são contrários aos padrões das Escrituras? Para nossa tristeza, muitas vezes acabamos por achar que a Bíblia é ‘retrógrada’ ou que ela precisa ser ‘atualizada’ para se encaixar a nossa cultura contemporânea. E quando uma nova descoberta científica está em contradição com a Bíblia? Será que não temos argumentado “mas isso é ciência!!” para justificarmos a nossa incredulidade quanto à inerência e poder da Palavra?

    Mas eu quero ir além: onde você busca santificação? Ou melhor, qual é o padrão pelo qual você busca a santificação? O Senhor Jesus é claro ao afirmar que Deus nos santifica pela Sua Palavra e não pela compreensão social’/acadêmica/científica/cultural/ideológica que temos do mundo. Não é raro encontrarmos cristãos que defendem ardentemente algumas pautas sociais não porque elas são uma afronta à justiça de Deus, mas porque elas estão dentro da sua linha ideológica.

Crentes não santificados pela palavra de Deus.

   Em outras palavras, alguns cristãos combatem o racismo não porque é um pecado abominável contra Deus, o Criador das etnias, mas porque são moldados pela pensamento reinante da sociedade em que vivemos. E como se assume equivocadamente que o combate ao racismo é uma pauta ideológica, tais cristãos pressupõem que um ‘crente de verdade’ deve assumir tudo o que encampa aquela pauta ideológica.

    Estes ‘crentes’ não são ‘santificados’ pela Palavra – na verdade, estão cada vez mais tomados pelo mundanismo; mesmo quando pensam estar batalhando em ‘guerras santas’ em nome do Senhor, estão cada vez mais atraídos pelas mentiras e enganos do mundo que jaz no maligno.

Santifica-nos na verdade, Senhor!

Rev. Thiago Mattos 
Igreja Presbiteriana do Tarumã

Saiba mais sobre a IPT clicando aqui 

Curtiu? Então compartilhe este post com alguém!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Venha nos conhecer

Sua presença será uma alegria para nós, entre em contato
para agendarmos sua participação.