13.05.2022

Ego Transformado | Rev. Lucas Maracci

A relação nossa com o espelho não é fácil.

     A relação com o espelho não é uma tarefa fácil para ninguém. Até para aquela pessoa que parece super confiante, aquela que é padrão de beleza da sociedade. Pois é, até ela já olhou no espelho e se achou insuficiente de alguma maneira.

    A gente se compara muito e não importa o quão especial alguém se sinta, sempre surge alguém que se torna uma acusação em tudo que é, faz e parece ser. Sempre fica a sensação de que falta em nós aquela qualidade ou habilidade maior em determinada área. Um cabelo assim, o formato do rosto daquele jeito bonito que a gente viu no outro, mais altura, menos altura, falar menos, ou ser menos tímido, ou talvez aquela confiança que todos parecem ter menos você.

Visão do Ego distorcido.

      Não precisa se esforçar muito para ver o apelo de perfeição que existe ao nosso redor. Seja nos corpos ou no desempenho e personalidade. Os padrões de sucesso são altos e impossíveis. Todos precisam estar sempre felizes, comendo coisas bonitas, viajando para lugares legais e parecer sempre belo como se não tivesse usando nenhum filtro da rede social. Parece que as pessoas nunca foram tão inseguras e com a autoestima tão abalada. Em contraponto, a arrogância nunca foi tão evidente e a mentira egocêntrica nunca foi tão propagada.


         A visão do ego se tornou tão distorcida que ter ego parece ter virado problema. O ego é o núcleo da personalidade de uma pessoa, sua essência, a verdade regente na vida de alguém que baliza todos os seus comportamentos e pensamentos, aquilo que lança base para os princípios e valores de qualquer ser humano. Cuidar bem do seu ego não é egoísta, é saudável, desde que esse cuidado seja feito com base na Verdade, na Palavra de Deus. Por que nosso ego tem que ser cuidado e guiado pela Bíblia? Porque Deus se comunica conosco por ela e Ele é quem nos criou, logo ninguém sabe melhor do que Ele qual é a nossa verdadeira essência e como nós devemos nos enxergar.

          É tempo de revisar nosso interior e observar qual é a imagem que formamos de nós mesmos e quais são as linhas que regem essa forma de olharmos nosso reflexo no espelho, seja para enxergar nosso exterior ou nosso interior.

Desafio: Ore agradecendo a Deus por ter feito você assim como você é.

       O versículo 3 do capítulo 12 da carta de Paulo aos Romanos diz: “Pois pela graça que me foi dada digo a todos vocês: ninguém tenha de si mesmo um conceito mais elevado do que deve ter; mas, pelo contrário, tenha um conceito equilibrado, de acordo com a medida da fé que Deus lhe concedeu.” Esse texto já deixa bem claro a forma como devemos proceder ao olharmos para nós: sem distorções! Devemos olhar com equilíbrio e a medida é a fé, ou seja, o quanto estamos cheios daquilo que Cristo nos indica como princípio de vida.


      Ao contrário da crença popular que fé e crença são a mesma coisa, a Bíblia nos mostra que a verdadeira – e única – fé é dom de Deus, só Ele é quem pode conceder. Por isso, para ter uma visão correta de quem você é não basta ter frases prontas para falar diante do espelho todas as manhãs ou conceitos bem formados na mente, é preciso ser cheio de Deus. Observe que Paulo fala que nós não devemos pensar além daquilo que somos, mas não fala que devemos nos diminuir. Ele fala sobre equilíbrio. O desprezo da criação é desprezo de seu autor. Fomos feitos a imagem e semelhança de Deus e somente o ser humano que tem uma relação estreita com Cristo e cheio do Espírito Santo é que pode ver florescer essa imagem de Deus em si. Essa imagem inclui essa moderação ao olhar para si e para o outro.


         Devemos, mais do que fugir do egocentrismo, correr para o relacionamento com Deus diariamente, para que ele nos trate a respeito da nossa imagem interior e exterior. Para que, enxergando a nós mesmos corretamente a partir da nossa identidade em Cristo, possamos também olhar para o outro com o olhar redimido, a fim de servi-lo cheio do verdadeiro amor.


    Desafio: Ore agradecendo a Deus por ter feito você assim como você é e peça que ele trate em você aquilo que não revela a imagem Dele e que é fruto da distorção que o pecado faz em nós.

Que Deus os abençoe!

Rev. Lucas Maracci.
Igreja Presbiteriana do Tarumã

Saiba mais sobre a IPT clicando aqui 

Curtiu? Então compartilhe este post com alguém!

Share on facebook
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Venha nos conhecer

Sua presença será uma alegria para nós, entre em contato
para agendarmos sua participação.