10.06.2022

O que é Idolatria? | Rev. Thiago Mattos

O pecado da Idolatria.

“Vocês que temem o SENHOR, confiem no SENHOR! Ele é o seu amparo e o seu escudo.” (Salmo 115:11)

     Ídolos! Além de um programa de televisão, esta palavra também está associada a figuras importantes da cultura e às celebridades. Mas você já se perguntou o que essa pequena palavrinha representa em nossa vida? Com toda certeza, pior do que uma veneração de artistas e atletas, estamos falando de um problema terrível que molda os nossos pensamentos sobre a vida e que ordena as nossas decisões. Será que você, de fato, sabe o que é a idolatria? Nas próximas semanas, quero meditar com você sobre isso e como nossos ídolos podem destruir a nossa vida. No entanto, junto com você, quero aprender como a Palavra nos orienta a combatermos os ídolos.


      É claro que você sabe que, na maioria das vezes, o problema não está vinculado às grandes celebridades, não é verdade? Quando nós pensamos na idolatria relacionada com a nossa espiritualidade, nós acabamos tornando esse pecado ‘simplório’ demais e, com isso, não percebemos o quanto somos atacados por ele. Ou você não percebeu que, normalmente, associamos a idolatria com a mera adoração de estátuas ou imagens? Ainda que isso realmente seja idolatria, esse pecado se manifesta de forma muito mais profunda do que nós imaginamos e não é à toa que a Bíblia nos alerta tanto sobre esta realidade terrível. O grande perigo da idolatria não é fato de que os ídolos encontram-se apenas em altares – a idolatria é tão destruidora porque ela se encontra em nossos corações e mentes.

A idolatria está na essência da queda.

    O apóstolo Paulo estabelece que a idolatria está na essência da Queda (Romanos 1:18-25). Em outras palavras, o pecado aconteceu porque Deus criou os seres humanos para adorar somente a Ele, mas os seres humanos resolveram adorar e servir a criação em lugar do Criador (vs. 25).


        Por isso, para definir idolatria de maneira simples, nós poderíamos dizer que, de acordo com a Palavra, todas as vezes que nós elevamos algo ou alguém a uma posição divina estamos idolatrando este algo ou alguém. Mas, afinal, o que é ‘elevar algo ou alguém a uma posição divina’? Nada mais é do que depositar a nossa confiança e a nossa esperança neste objeto/pessoa! Um ídolo é tudo aquilo que nós consideramos como sendo mais importante do que Deus para definir suas prioridades, objetivos e contentamento (felicidade).

Podemos pensar que não idolatramos outros deuses, além de Deus.

        No entanto, talvez, você esteja pensando: “mas, pastor, eu nunca faço isso! A minha esperança é o Senhor! Eu deposito toda a minha confiança no Senhor!” Ah, isso pode muito bem ser verdade. O problema é que, quando afirmamos isso, estamos pensando apenas em um nível consciente – nem sempre conseguimos ultrapassar o nosso pensamento mais imediato e sondarmos o mais profundo do nosso coração.

     Na próxima semana, vamos ver como podemos identificar a idolatria em nosso coração.

 

Que Deus te abençoe!

Rev. Thiago Mattos.
Igreja Presbiteriana do Tarumã

Saiba mais sobre a IPT clicando aqui 

Curtiu? Então compartilhe este post com alguém!

Share on facebook
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Venha nos conhecer

Sua presença será uma alegria para nós, entre em contato
para agendarmos sua participação.