02.09.2022

Porque devemos nos santificar? | Rev. Thiago Mattos.

Porque devemos nos santificar?

“Josué disse ao povo: Santifiquem-se, porque amanhã o SENHOR fará maravilhas no meio de vocês.” (Josué 3:5)

       Existem momentos da nossa vida em que o Senhor ‘nos atinge’ com tanta graça e bondade que ficamos espantados! É verdade que sabemos reconhecer que, em toda nossa vida, Deus tem sido sempre gracioso conosco. Mesmo quando enfrentamos lutas e tribulações, o Senhor nos dá a possibilidade de vivermos gratos por causa da sua santa misericórdia derramada em nossas vidas. E este é um grande desafio: permanecer cultivando um coração grato diante de tantas dores e perdas. Mas existe outro grande desafio na vida cristã: por estarmos tão acostumados com as lutas e dificuldades, conseguirmos perceber os momentos em que Deus nos traz alívio e derrama de Sua graça abundante em nossas vidas.

     Isso acontece, principalmente, com pessoas que vivem intenso sofrimento. Estão tão acostumadas com as dores que deixaram as lutas definir sua identidade – não conseguem mais olhar para si mesmas estabelecendo sua identidade em Cristo e, por isso, vivem cheias de mágoas e tristezas. E quando isso acontece, não conseguem mais perceber que, de tempos em tempos, o Senhor proporciona descanso das lutas e as abençoa de maneira extraordinária.

     O problema disso é que, normalmente, as pessoas que são tomadas por essa perspectiva de auto-identificação pelo sofrimento acabam por ignorar que o Senhor é um Deus gracioso, generoso e que ama derramar da Sua graça e bondade sobre nós para que fiquemos ainda mais satisfeitos nEle. Ou seja: a auto-identificação pelo sofrimento não apenas nos leva a amargura; ela nos cega para enxergarmos o caráter bondoso de Deus.

Pensamos que devemos nos santificar para que o Senhor nos abençoe.

      Veja a situação do povo de Deus no deserto: eles haviam sido escravos, mas Deus os livrou com mão poderosa; enfrentaram as dificuldades do deserto, mas Deus não deixou nem que a sola do “sapato” se desgastasse; correram o risco da fome, da sede e da escassez, mas o Senhor enviou maná, codornizes e água; caminharam por 40 anos, mas o Senhor trouxe plena renovação àquele povo. E agora, às portas da Terra Prometida, com a morte daquele que havia conduzido o povo por 40 anos (Moisés), Israel ainda terá que guerrear para tomar posse da terra que o Senhor havia prometido.

   Muitos de nós (principalmente aqueles que se identificam pelo sofrimento), se vivêssemos aquele momento, estariam murmurando: “Deus, depois de tudo o que passamos nestes últimos 40 anos, ainda teremos que lutar??” Veja: o versículo de Josué acima poderia demonstrar isso, mas não é o caso. Na verdade, ele fala sobre uma realidade de profundo temor de Deus e mais que isso – sobre a firme convicção de que Deus iria realizar maravilhas!

      É bastante natural que pensemos que devemos nos santificar para que o Senhor nos abençoe. No entanto, esta é uma perspectiva errada sobre como Deus age. Na verdade, o texto nos incentiva a nos consagrarmos a Deus porque ELE VAI NOS ABENÇOAR! Quando consideramos a realidade do caráter gracioso de Deus, da sua generosidade em nos abençoar, do desejo que Ele tem que nós estejamos contentes nEle, então, devemos considerar que Deus sempre quer nos abençoar – nos dando mais da Sua presença, da Sua graça, da Sua alegria.

     O motivo da santificação não é para que o Senhor realize maravilhas, mas porque o Senhor com certeza irá nos abençoar. Sendo assim, santifiquemo-nos esperando Deus nos dar mais da Sua presença!

Que Deus nos abençoe!

Rev. Thiago Mattos de Lara 
Igreja Presbiteriana do Tarumã

Saiba mais sobre a IPT clicando aqui 

Curtiu? Então compartilhe este post com alguém!

Share on facebook
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Venha nos conhecer

Sua presença será uma alegria para nós, entre em contato
para agendarmos sua participação.