23.09.2021

Reconhecendo os bons frutos

O discípulo reconhece

Hoje temos acesso a qualquer tipo de informação, e no que diz respeito a fé, ela não está obstante disso. Os falsos mestres já existiam na época de Jesus, mesmo com a pouca propagação da informação, então imagine hoje. Mas um coisa é certa: cada ser humano demonstra ser quem é pelos frutos que dão, e o discípulo de Jesus deve estar sempre reconhecendo os bons frutos, mas também os maus. O texto abaixo nos dará a base para esse entendimento:

“Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores. Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se, porventura, uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos? Assim, toda árvore boa produz bons frutos, porém a árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa produzir frutos maus, nem a árvore má produzir frutos bons. Toda árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada ao fogo. Assim, pois, pelos seus frutos os conhecereis.” Mateus 7.15-20

O reconhecimento dos frutos é fácil

Quais são os frutos, então, para reconhecermos quem são os falsos mestres à nossa volta? O Sermão do Monte está ligado e correlacionado integralmente entre seus ensinamentos, oferecendo pontes e princípios que se complementam. Isso que dizer que, se voltarmos ao início de Mateus 5, vamos encontrar as Bem-aventuranças, que são os frutos que o Senhor Jesus cumpre nele e oferece aos seus discípulos. Então, tantos os falsos quanto os verdadeiros mestres são facilmente reconhecidos.

A fé vem pelo o ouvir a Palavra de Deus, e por sermos pecadores, e por isso buscaremos naturalmente aquilo que nos interessa, não queremos ouvir a Palavra de Deus. Porém, os discípulos de Jesus ouvem o que a Palavra de Deus diz, são confrontados e transformados pelo Senhor, e que só assim produziremos os bons frutos.

No último domingo pela manhã, na aula da Escola Bíblica ministrada pelo Rev. Patrick Sfair, tivemos a oportunidade de entender a importância de estar constantemente reconhecendo os bons frutos, pois estes dizem muito de quem é o nosso Mestre.

Cuidado!!!

Aprendendo tais coisas, que andemos de forma coerente com os ensinos de Jesus. Os falsos profetas são facilmente reconhecidos: eles evitam falar sobre santidade, retidão, justiça e ira de Deus. Esses falsos mestres reduzem a mensagem do Evangelho e até o ser de Deus, promovendo conhecimentos e práticas que parecem ser bons frutos.

O Senhor Jesus diz: cuidado!!! Os bons frutos não estão relacionados em apenas saber quais são eles, em simplesmente estar reconhecendo os bons frutos, mas produzir bons frutos está compromissado com a transformação do coração.

 

Assista agora a esta aula:

Caso prefira, clique aqui e acesse o vídeo diretamente no YouTube

Aula integrante da série “Sermão do Monte – A Vida do Cidadão do Reino”, ministrada na Escola Bíblica da Igreja Presbiteriana do Tarumã em Curitiba em 19.09.2021.

Curta o vídeo, inscreva-se em nosso canal e não esqueça de ativar o sininho para receber as notificações dos próximos vídeos.

YouTube: https://youtube.com/iptaruma
Facebook: https://facebook.com/iptaruma
Instagram: https://instagram.com/iptaruma

Sem. Narciso Braun
Igreja Presbiteriana do Tarumã
Saiba mais sobre a IPT clicando aqui.

Share on facebook
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Tabela

Venha nos conhecer

Sua presença será uma alegria para nós, entre em contato
para agendarmos sua participação.